O GetYourGuide utiliza cookies a fim de prestar o melhor serviço possível. Ao continuar a navegação, você confirma estar de acordo com o uso de cookies. Mais informações em nossa política de privacidade.

Fechar
Jerusalém
Selecione as datas para conferir as atividades disponíveis

As melhores atrações em Jerusalém

Jerusalém: ver todas as atividades turísticas

Jerusalém: Principais Pontos Turísticos

As 10 melhores atrações de Jerusalém

Jerusalém, por toda sua história, tem sido um centro importante para algumas das principais religiões do mundo. A visita a esta cidade vai satisfazer o espírito e os sentidos. Os fortes aromas e o caldeirão de idiomas do labirinto de ruelas da parte antiga da cidade irão lhe acompanhar a cada local sagrado.

Santo Sepulcro

Santo Sepulcro

A igreja possui as últimas cinco Estações da Cruz, sendo a décima-quarta o túmulo de Jesus, conhecido como Santo Sepulcro. Há dois mil anos, este local era uma área aberta ao lado de fora do muro da cidade.

A Grande Sinagoga de Jerusalém

Construída em 1982, esta estrutura representa o Templo Sagrado original, cujo local era o Monte do Templo até sua destruição em 70 d.C. Uma exposição apresenta milhares de "mezuzot."

Monte das Oliveiras

Monte das Oliveiras

O leste montanhoso de Jerusalém possui uma série de locais de peregrinação, tais como igrejas e a Gruta e Jardim de Getsêmani. Aqui está situado também o principal cemitério da cidade, com 150 mil túmulos.

Jardim do Getsêmani

Jardim do Getsêmani

Muitos alegam que este jardim em volta da Igreja de Todas as Nações foi o local onde os romanos prenderam Jesus. O local possui também algumas das oliveiras mais antigas do mundo.

Muro das Lamentações

Muro das Lamentações

O local mais sagrado do Judaísmo, este antigo muro de contenção erguido por Herodes, o Grande, em 20 a.C., servia de base para a seção externa do Monte do Templo, sobre o qual ficava o Segundo Templo.

Monte do Templo

Monte do Templo

Os muçulmanos o chamam de Haram esh-Sharif, ou Nobre Santuário, sendo o terceiro local mais sagrado do Islã. Aqui ficava também o primeiro templo sagrado do judaísmo, o Templo de Salomão.

Cúpula da Rocha

Cúpula da Rocha

Sagrada para muçulmanos e judeus, a cúpula dourada desta estrutura abriga a rocha de onde o profeta Maomé começou sua subida para encontrar-se com Alá, e onde Abraão preparou o sacrifício de seu filho Isaac.

Mesquita de Al-Aqsa

Mesquita de Al-Aqsa

Construída 20 anos depois da Cúpula da Rocha, seu nome significa "a mesquita distante" e representa a "Isra" de Maomé, isto é, a jornada noturna de Meca a Jerusalém e de volta a Meca.

Museu de Israel
Foto: Chris Yunker@flickr (CC BY-SA 2.0)

Museu de Israel

Este museu nacional, além de abrigar os Manuscritos do Mar Morto, ainda exibe uma excelente coleção de arte e uma maquete da cidade durante o período do Segundo Templo.

Jardim Zoológico Bíblico de Jerusalém

Jardim Zoológico Bíblico de Jerusalém

O propósito original deste jardim zoológico era colecionar animais mencionados na Bíblia. O novo jardim zoológico, inaugurado em 1993, possui uma Arca de Noé com informações sobre os animais daquela época.

Jerusalém: planeje sua visita

Quantos dias visitar Jerusalem?

Você poderia passar anos (talvez uma vida inteira?) explorando esta cidade. No entanto, é possível visitar as atrações principais da cidade de cinco a sete dias. Inclua mais um ou dois dias se tiver tempo para viagem de um dia ao Mar Morto e/ou Massada.

Como se locomover pela cidade?

Locomova-se com seus próprios pés pela Cidade Antiga de Jerusalém. Além deles, há ônibus (conhecidos como Egged) e uma linha de bonde que passa pela rua Jaffo em Jerusalém Ocidental, com um ponto também no Portão de Damasco. Não se esqueça que o transporte público para quando começa o shabat (sexta-feira pouco antes do por do sol). Os serviços de táxi e ônibus árabes continuam funcioando, com pontos bem em frente ao Portão de Damasco.

Em que região se hospedar em Jerusalém?

Há diversos tipos de acomodações na Cidade Antiga, mas há opções em Jerusalém Ocidental também, como por exemplo, a área em torno da Praça Zion e da rua Ben-Yehuda, uma área dinâmica, com vários restaurantes, bares, cafés e lojas.

Informações Úteis

  • Idioma
    Hebraico
  • Moeda
    Novo Shekel (₪)
  • Horário local
    UTC (+02:00)
  • Código do país
    +972
  • Melhor época para visitar
    As melhores épocas para visitar são fim da primavera ou início do outono, quando as temperaturas estão amenas e há menos turistas. No entanto, verifique o calendário com atenção, pois durante comemorações judaicas, as cidades podem ficar lotadas.

Atividades em Jerusalém

Jerusalém: Melhores Atrações

Israel: cidades

Jerusalém: as melhores coisas para fazer

Deseja descobrir tudo o que há para fazer em Jerusalém? Clique aqui para uma lista completa.

Jerusalém: Avaliações de outros visitantes

Conhecer a Fortaleza de Masada e banhar-se no Mar Mirto

Foi uma experiência indiscritível conhecer a Grande Fortaleza, construída pelo Rei Herodes, o Grande que, por sua vez, serviu de refúgio para os Judeus que não queria se submeter aos domínios dos Romanos. Em seguida, outra experiência maravilhosa que foi conhecer e entrar no Mar Morto.

Masada e Mar Morto: Excursão de 1 Dia saindo de Jerusalém Avaliado por Carlos Alberto, 07/05/2019

Tour excepcional, com um guia excelente!!

O nosso guia chamava-se Sami. É muito simpático e conhecedor da história e da tradição judaica e cristã. Foi cuidadoso, prestável e mostrou-se sempre disponível para acomodar pessoas com mobilidade reduzida.

Excelent tour. Our guide (Yael) was extremelly nice!

Serviço excelente. Van confortável equipada com WiFi. Guia muito bem instruída e passeio realizado em um ritmo excelente. Recomendo a todos.